Aspectos práticos vinculados à Classificação Tarifária

Este curso complementa o curso ministrado pela Secretaria-Geral, “A Classificação Tarifária das Mercadorias” e está baseado em casos práticos de classificação de mercadorias. 

Início: A confirmar

Fim: A confirmar

Idioma: espanhol

Duração: 5 semanas

Financiamento: a presente edição do curso será financiada 100% pela ALADI.

Postulações: as postulações aos cursos realizam-se mediante a web do CVF preenchendo um  formulário de inscrição obrigatório, onde se aceitem os termos e condições de uso da plataforma. A participação nos cursos (exceto os cursos realizados por convite) estará aberta a todo interessado que quiser participar.

 Objetivos 

Complemento do curso "Classificação Tarifária das Mercadorias" 

 Público-Alvo

Está dirigido a funcionários governamentais, profissionais de câmaras empresariais e agentes comerciais em geral, interessados em aprofundar os conhecimentos adquiridos sobre a classificação de mercadorias por meio da análise de exemplos de classificação e a aplicação prática dos conhecimentos adquiridos no curso anterior.

 

 Metodologia de trabalho

O Curso realiza-se em modalidade de e-learning mediante a plataforma Moodle. Os  participantes deverão dispor de aproximadamente 10 horas semanais para a realização das atividades pautadas durante o desenvolvimento do Curso (revisão dos materiais indicados pelos docentes e realização das provas obrigatórias). Todas as tarefas serão realizadas em forma individual.

 

Programa

Módulo Introdutório. Apresentação e Indução ao curso

Módulo I. Ferramentas para a classificação tarifária das mercadorias e exemplos práticos do Capítulo 1 a 24 do SH.

Módulo II. Exemplos práticos de produtos classificados  nos capítulos 25 a 40 do SH

Módulo III. Exemplos práticos de produtos classificados nos capítulos 41 a 83 do SH 

 

Módulo IV. Exemplos práticos de produtos classificados nos capítulos 84 a 97 do SH

Certificação

Os participantes que aprovam o curso poderão baixar um certificado digital assinado pelo secretário geral do ALADI. 

 

REGISTRARSE